terça-feira, 25 de maio de 2010

«Esta é a ditosa pátria minha amada,...»

«Esta é a ditosa pátria minha amada,

À qual se o Céu me dá que eu sem perigo
Torne, com esta empresa já acabada,
Acabe-se esta luz ali comigo...»

Sem comentários:

O ELOGIO FORÇADO... ou o Jornalixo da vilã !!!

https://observador.pt/opiniao/um-elogio-a-antonio-costa-e-mario-centeno/ Um elogio a António Costa e Mário Centeno Helena Garrido Mui...